joelho ou curva

Joelho ou Curva?

Qual a diferença entre utilizar joelhos com 90 graus ou curvas na tubulação de água?

Essa é uma decisão que mais parece um “detalhe” e acaba ficando à cargo do profissional que vai executar o serviço. Como essa é uma dúvida muito frequente de nossos clientes de aquecimento de água solar, resolvemos abordar esse assunto aqui para esclarecer e para servir como base para consultas.

Existe uma grande diferença entre esses dois elementos que é fundamental para o melhor funcionamento do seu encanamento. “Joelho” ou “cotovelo” são os nomes mais conhecidos popularmente, por menos que você conheça de canos, com certeza já viu um desses em algum lugar na vida. Já a “curva” é mais difícil de ser usada pela maioria dos pedreiros.

Ambos realizam alteração no sentido do fluxo de água em 90 graus, mas fazem o fluido se comportar de formas diferentes. Sabe quando uma torneira fica “cuspindo” água? O fluxo não têm um padrão e nem se comporta? A esse fenômeno chamamos de Turbulência. E isso ocorre justamente com o mal dimensionamento da rede hidráulica. Outro efeito negativo de um sistema mal calculado é o baixo fluxo de água ou a falta de pressão, você abre a torneira no máximo e demora 10 minutos para encher uma garrafa. O problema do joelho ou cotovelo é o raio interno que é muito pequeno, estreita demais o fluxo e causa um atrito enorme entre a água e as paredes do cano. Já na curva, com um raio maior, a deflexão do fluxo ocorre de forma mais gradual, minimizando o atrito interno. A esse fenômeno chamamos de perda de carga que é muito menor com a curva.

Para uma comparação didática pense no trânsito: para fazer uma conversão fechada você precisa desacelerar para virar, enquanto que em uma curva com raio maior é possível manter a velocidade. Só que o fluxo de água não tem com frear, então ele bate nas paredes internas do cano causando a turbulência.

joelhos e curvas analogia